sábado, 4 de abril de 2009

Vira-lata numa boa



É essa carinha que me acorda todos os dias, Olimpia foi resgatada após ser atropelada e seria eutanaziada, não fosse a boa vontade de uma estudante de veterinária - que comprou a briga, arcou com a cirurgia de amputação da pata estraçalhada, levou para casa e ainda arrumou um lar definitivo.

Sempre quis ter um animal e era a favor de adotar um vira-lata abandonado por inúmeras razões, mas principalmente, porque não acredito que exista uma raça melhor do que a outra, mesmo em animais também é racismo - nós, brasileiros, somos inclusive o melhor exemplo de mistura de raças bem sucedida.

Também é para refletir que bicho não é um produto manufaturado, é um ser vivo que sofre, não tem que ser comercializado nem produzido em larga escala, com tanto cão abandonado na rua pedindo colo.

Adotar um vira-lata é muito bom, deficiente ou não, só te traz alegria.




Outros vira-latas adotados aqui em casa: Margarida e Pipa



7 comentários:

Lucas disse...

rs........ que linda! lembrou meu gato ela.. preto, peito branco, patas brancas rs...

Lucas disse...

ah é.. vc viu lá né ; p

Fabiana Pino disse...

não conhecia seu blog, e olha que estava procurando algo sobre panelas, hehe! mas temos muito em comum... tenho um grupo de proteção animal aqui em SP, o Mopi (www.mopibichos.com.br). parabéns pela adoção.

Carol Daemon disse...

Oi Fabiana, visitei o site do Movimento, cada cachorro mais fofo... fiquei com vontade de levar todo mundo para casa.

A Olimpia é uma filha, um chamego só, se as pessoas soubessem do amor de um vira-lata adotado, não comprariam mais cães caríssimos em pet shop.

Mariana M. Thomé disse...

Que imensa felicidade saber que ainda existem estudantes de medicina veterinária desse nível! Minha irmã está fazendo este curso e se deprime diariamente vendo que a maior parte da turma pretende trabalhar em abatedouros. Sou completamente a favor da adoção e extremamente contra qualquer comércio de animais, principalmente os licenciados pelo IBAMA. Assim como não compramos amigos, não devemos tratar animais como ítens de luxo. Para cada animal comprado, centenas morrem em CCZ. No momento tenho 10, todos vira-latas recolhidos das ruas, nas mais variadas condições, estão castrados e fazemos o melhor que podemos, não acho que seja o suficiente, mas acredito que poderiam estar passando piores momentos abandonados na rua como estavam. Li uma vez num site de um veterinário que não era indicado adquirir (veja o termo) um animal SRD porque não saberíamos como ele ficaria. Eu enviei um e-mail: "Quando temos filhos, também não sabemos como ele ficará, no entando cuidamos, tratamos, amamos, educamos...para que se torne uma pessoa boa. Com animais não é diferente! Fazemos nossa parte e eles a deles, retribuindo DIARIAMENTE o nosso amor. Sem segredos!

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Concordo integralmente com tudo que disse, "não sei como vai ficar" é o fim da picada...
Vc tem 10 cães adotados, que linda, vai ser recebida de braços abertos por São Pedro (e São Fracisco de Assis).
grande abraço, Mariana :-DDDDD

Alexandra disse...

Que fofa! Eu tenho dois gatinhos adotados e hospedo gatinhos esperando serem adotados.... Tambem sou contra o comercio de animais com tantos animaizinhos sofrendo...