segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Eu quero!




A TemQuemQueira conseguiu fazer milagre:

1. recolhe banners de outdoors para usar como matéria prima;
2. desenvolve uma linha de bolsas, pastas, estojos e necessaires forrados com esses banners, os mesmos que iriam para o lixo, que é linda, fashion, cheia de design e ainda se dá ao luxo de produzir peças artesanais e exclusivas, já que cada peça produzida é única;
3. oferece seus produtos a preços acessíveis no stand da estação de metrô carioca e em um site tão antenado quanto seus produtos;
4. emprega exclusivamente detentos como mão de obra, dando oportunidade às pessoas que a sociedade, além de ter esquecido que existem, saem da cadeia marcadas por um estigma e sem nenhuma perspectiva.

Já há casos de detentos, que por terem aprendido um ofício, sonham em abrir sua própria confecção, leia mais.
E relatos de presos por narcotráfico que querem continuar trabalhando como costureiros ao término de suas penas, aqui.

Se você ainda não comprou nada deles, compre correndo.
É o presente de amigo oculto do Natal desse ano.




Atualização de 2012: minha mochila da marca aparece na postagem Na Jureia: a Barra do Una



Mais informação:
Redução da maioridade penal
Artigos de couro vegetal em lojas convencionais
10 razões para a abolição total da Pena de Morte
Há 50 anos, o dia que durou 21 anos (e mais 50 filmes)
Comendo a ração que vende - parte 10: ímãs de geladeira
Gorgona, antiga prisão vira parque ecológico na Colômbia
A praga da reciclagem artesanal: não é sustentável e é horrível
Presos pedalam e geram energia para postes em MG em troca de redução da pena

Nenhum comentário: