domingo, 4 de outubro de 2009

Verde é sexy

Eu adoro bota, de cano curto ou longo, não importa. Acho que é o tipo de coisa que consegue ser chique e sexy, clássico e descolado ao mesmo tempo.
De bota não tem erro, qualquer jeans e camiseta ganham cara nova.

Hoje choveu aqui no RJ e eu, que cheguei de uma viagem de 40 dias a trabalho sem direito a luxos na planta industrial (salto então é proibido por estatuto interno), saí para bater perna vestida com roupas "de moça", é claro.



As botas da foto são de couro sintético da Picadilly, estão firmes há mais de 1 ano. Super confortáveis, completamente forradas por dentro, salto alto e grosso, lindas...
Como todos os calçados dessa marca, são sustentáveis e corretíssimas, recomendadas pela SVB inclusive. À venda em qualquer sapataria, até as mais populares.
Gostei tanto do primeiro par em marrom que comprei, que voltei na loja na semana seguinte e levei um segundo em outra cor, preta. Valeu a pena.

A maioria das pessoas têm uma imagem "hiponga" da sustentabilidade, como se ser "verde" significasse ser chato, assexuado ou um obsoleto que parou na década de 60. Tudo bobagem, ser verde pode (e deve) ser sexy e muito cool. Assim como a comida orgânica e saudável tem que ser deliciosa e atraente para proporcionar prazer aos comensais, um estilo de vida mais simples deve igualmente priorizar tecnologia e design em detrimento do consumo convencional que é feito para massas, sem direito de escolha.
Exerça o seu, deixe de fazer parte da "massa" ou just another brick in the wall, e seja sexy, descolado e sim, verde.



Atualização de 2012:

Há 3 anos (em 2009, foto e texto acima), eu postei sobre minhas botas de cano curto em couro vegetal. Elas estão firmes e aguentando o tranco até hoje, o que comprova que o sapato em material sintético compensa em todos os aspectos.
De lá para cá, eu queria encontrar botas com cano longo para usar de saia ou legging, bati muita perna sem sucesso e já estava quase desistindo.
Não que não existam botas sintéticas de cano longo, existem, mas são todas de salto baixo, rasinhas com seus solados de borracha, inexplicavelmente parecendo uns calçados apaches -  algumas têm até tachas e franjas. E eu queria a bota clássica com salto alto, chique, eu queria uma bota sintética igual às de couro animal, não queria uma bota sintética com cara de hiponga.

Há algumas semanas, encontrei as botas que tanto sonhava na sapataria Sonho dos Pés do Largo do Machado, RJ, e fiz as fotos abaixo, na mesma escadaria lá de casa no Flamengo, onde havia então feito a foto das botas de cano curto em 2009.
Não consegui ver o nome do fabricante, seja no produto ou na caixa, mas estou satisfeita do mesmo jeito, as botas sintéticas foram mais baratas do que as de couro animal na liquidação de inverno da mesma loja. Espero que durem também.






Sustentabilidade e consumo consciente não têm nada a ver com tornar-se uma pessoa assexuada ou sem senso estético. Ser "verde" não torna sua vida pior ou mais difícil, a sustentabilidade pode até sair mais barato e o interessante consiste exatamente nisso.






Atualização de 2017:

Novas botas de cano longo compradas após as de 2012 acabarem, as de 2009 em cano curto continuam inteirinhas.
Ambas na Praça Saenz Peña na Tijuca, a preta em PU da tradicional Sapataria Gambier e a caramelo em acamurçado sintético da sapataria popular Desejo dos Pés, do outro lado da rua. Foto da escada do apartamento do Maracanã, já vendido, mas antes da mudança.

Felizmente a moda mudou, os saltos estão muito grossos e os bicos mais arredondados. Ganhamos em conforto sem precisar abrir mão da elegância.


























Outras botas - cowboy e galocha plástica: "Verde", além de sexy, é country e impermeável




Mais informação:
Lenços
Jóias são insustentáveis
Piñatex: biocouro de abacaxi
Animal Print em crochê e tricô
Artigos de couro vegetal em lojas convencionais
A praga da reciclagem artesanal: não é sustentável e é horrível
Bolsas, sandálias e cintos em pneus e cintos de segurança reciclados
Neurocientistas de todo mundo assinam manifesto reconhecendo consciência em animais

5 comentários:

Lucas disse...

belas.. essa semana vou me aventurar em busca de um sapato rs... abraços!

Karin Fromm disse...

CONCORDO!!!!
Ser verde é ser moderno, antenado, simples e Sexy!!!!

Fada_Lin disse...

Oi Carol!
Só agora que vi os teus comentários lá no meu blog de receitinhas... hehehe
Claro que pode publicar a receita dos cookies! Fico lisonjeada! :)
Abraços

Carol Daemon disse...

Oi Lucas, quanto tempo!
Boa sorte com seus sapatos, geralmente as grandes sapatarias (mais populares) tem muita coisa em couro vegetal, especialmente para homem.
abs, Carol

Carol Daemon disse...

Oi Karin,
legal te ver por aqui, o Orgônio também tem tudo a ver com simplicidade e prazer.
um grande abraço, Carol