sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Só um macarrãozinho


Tem dias (e noites) que a gente não consegue nem fritar um ovo, você chega em casa com fome e não quer jantar sanduíche, mas tampouco pode enfrentar as panelas.

O melhor amigo para esses momentos é o macarrão integral com um molho que não precise ir ao fogo e possa ser colocado direto na massa escorrida ainda quente, um molho simples que cozinhe no próprio vapor.
Existem centenas de marcas de massas integrais, das mais populares como a Renata, à sofisticada Barilla e as "alternativas" como Mãe Terra, além das de cultivo orgânico. São facilmente encontradas nos supermercados e lojas de produtos naturais nas versões spaguetti, fusilli (parafuso), farfale (gravatinha), conchiglione (conchinha, ideal para sopas) e lasagna (que pode virar canelonni e rondelle).
Se você prefere massas mais largas como tagliarini e tagliatelle, cozinhe as fatias de lasagna integral, escorra, disponha numa tábua de madeira e corte à faca na largura desejada. Fica ótimo, parecendo massa caseira.
Se tem restrições à glúten, escolha massas à base de arroz ou em trigo sarraceno, como na receita tradicional de yakisoba. Eu falo melhor sobre o yakisoba tradicional no post sobre a acelga sautée.

Faça assim seu macarrãozinho: ferva a água em chaleira de inox, coloque na panela de barro e espere borbulhar, vai levar apenas alguns segundos. Se deixar a água fervendo na panela de barro, tomará mais tempo.
Junte a massa crua e espere cozinhar, vai levar pelo menos 15 minutos - a massa integral demora mais.
Você pode até tomar um banho enquanto isso.
Escorra a massa e não lave (não se lava macarrão), arrume em prato fundo ou bowl, regue com azeite aromatizado ou manteiga orgânica em temperatura ambiente e parta para o acompanhamento, que deve ficar "curtindo" na travessa tapada por 5 minutos.
Um bom vinho biodinâmico e você não precisa de mais nada.

Vou deixar as minhas dicas favoritas, aproveitando os "restinhos" de geladeira:
manteiga orgânica com sal marinho e pimenta do reino moída na hora

manteiga orgânica com gersal e massala caseiro

pestos variados

azeite e shoyu com gergelim negro e ramas do bulbo de alho picadinho (tem gosto de nirá)

azeite e shoyu com shiitake hidratado sem refogar

azeite e shoyu com azeitona e champignon em conserva fatiados

azeite e shoyu com grão de bico previamente cozido, cenoura crua ralada e salvia em folhas frescas da horta caseira

azeite e shoyu com ramas de cenoura e orégano seco a granel

azeite, tomate picado, manjerona seca a granel  e manjericão fresco da horta caseira

azeite, abobrinha crua ralada em espaguete e folhas de sálvia da horta caseira

azeite, muzzarela de bufala, orégano seco a granel e rúcula fresca orgânica picadinha

manteiga orgânica, gorgonzola picado, passas claras a granel, nozes moídas a granel e 1 colher de sopa rasa de iogurte caseiro orgânico

manteiga orgânica, raspas de limão siciliano, 1 colher de sopa do sumo do limão, 1 colher de iogurte caseiro orgânico e sal a gosto

manteiga orgânica, 1 ovo caipira cru batido com sal e pimenta (deixe por 10 minutos junto à massa ainda quente para cozinhar o ovo e virar um creme misturado ao amido), castanhas-amêndoas cruas torradas por cima de tudo


Para fazer um soba desenfastioso, como uma sopa, junte à massa uma tigela de missô dissolvido em água fervida, um missoshiro. Cubra tudo com cebolinha crua picada.

Se está com muita vontade de lasagna, cozinhe a massa integral, escorra e arrume num pirex untado com azeite intercalando muitas camadas de abobrinha e berinjela orgânica cruas e em rodelas, molho de tomate caseiro com muito manjericão fresco, ricota de búfala temperada com sal, pimenta, noz moscada, manjerona seca e folhas de salsa e espinafre crus picados. Termine as camadas com massa e molho de tomate com manjericão, cubra com um pouco de queijo de cabra tipo bola picado e leve para assar, gratina em 15 minutos e os legumes também cozinham rapidamente.


Sobremesa: frutas assadas, assam enquanto o jantar é servido e não precisam de nenhuma supervisão


A foto é google images e está presente em outros sites, aparecendo o autor, damos o crédito.

2 comentários:

sylribeiro disse...

Hmmm carol, que Maximo! Sou fan das massinhas afetivas a noite quando estamos "na lona"...
Uso muito escarola refogada com damasco e tomates no acompanhamento, muitas vezes como molho mesmo.
E muito alho.
Gostei de todas as dicas e vou experimentar, bjos

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

As suas receitinhas tb andam uma coisa...