sexta-feira, 20 de maio de 2011

A casa sustentável é mais barata - parte 08 (cursos e certificações)


Para começar: lendo, entendendo e desmitificando alguns pontos, veja a postagem sobre a bíblia do assunto Manual do Arquiteto descalço com link para baixar o livro todo gratuitamente no 4shared.


O primeiro cartaz dessa postagem é sobre o atual curso à disposição do Coletivo Permacultores: 1 semana bioconstruindo em setembro.
Atente que oferecer cursos são a fonte de renda de muitas ecovilas (ou pelo menos uma forma de complementar a produção agrícola) - os cursos são bons, respeitados e as aulas ministradas por quem realmente vive o assunto na prática.


Veja também a postagem sobre o Curso anual de Bioconstrução do Instituto IPOEMA e visite o site linkado do Instituto com outros cursos o ano todo.


O Instituto para o desenvolvimento da habitação ecológica (IDHEA) oferece cursos mais práticos: como fazer ecotintas, técnicas de construções sustentáveis e afins em ambiente urbano.


O Instituto de Permacultura da Mata Atlântica (IPEMA) oferece cursos mais generalistas, como o atual à disposição no site linkado de Permacultura Profunda, que deve ser ideal para ser feito por quem já tem algum conhecimento básico na área.


O Instituto Tibá oferece diversos cursos o ano todo separados por assunto e as demais imagens dessa postagem são os cartazes de alguns dos muitos desses cursos.


O Instituto Terra Una, com ecovila homônima oferece cursos na própria ecovila e, diferentemente das demais, em BH, Juiz de Fora e até no RJ.

O pessoal da Ebiobambu fica em Mauá, RJ e especializou-se em contruções específicas em bambu.


Para quem está sem tempo-recursos para viajar e fazer um curso de 2 a 3 dias numa fazenda, tente começar pelo curso à distância não-presencial e pela internet de Ecotintas da Universidade Federal de Viçosa. Leia melhor sobre o assunto na postagem A casa sustentável é mais barata - parte 04 (ecotintas)


Para fazer uma placa de energia solar em casa, faça um dos cursos da Sociedade do Sol. Leia melhor na postagem A casa sustentável é mais barata - parte 15 (Aquecedor solar de baixo custo a R$35,00)


Para quem quer uma base mais convencional antes de aprender as técnicas da Permacultura, visite o site do Senai com escolas disponíveis em todo o Brasil e veja como se qualificar como pedreiro, mestre de obras, pintor, eletricista, bombeiro gasista e afins.


Para quem já tem nível superior, constrói, mas quer aplicar a sustentabilidade à grandes edificações condominiais e corporativas, certifique-se no Green Building Council. E faça os cursos apropriados à obras de grande porte da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) e do CREA, existem opções de nível médio, graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado.


Outras Ecovilas que ministram cursos na área ou podem trazer informação em caso de dúvidas:
Goura Vrindrávana
Casa de Botellas
Casa Colméia
Agrofloresta São José
Do mato ao prato 
A casa na montanha
Instituto Quinta do Sol

Para acessar todas as Ecovilas do país: Permacultura.org



Mais informação: A casa sustentável é mais barata

4 comentários:

Dolyca Rocha disse...

Olá Carol! Adorei seu blog. Dei uma boa passeada por ele. Estava atrás de mais informações sobre superadobe e você deu várias dicas de cursos e sites.Percebi afinidades entre algumas de suas idéias e outras minhas.Por exemplo: resolveu se graduar após os 35.Pois veja que aos 65, me desaposentei, voltei a estudar e estou bem no meio de um Mestrado em Engenharia Ambiental (IFF-Campos dos Goytacazes-RJ).Muitos dos assuntos tratados por você são de meu interesse e passarei a observar seu blog. Você presta um belo trabalho com suas informações e comentários. Obrigada. Parabéns!Um abraço afetuoso. Dolyca Rocha

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Dolyca, parabéns pela iniciativa. É preciso coragem para recomeçar ao 65! Vamos ver se nos encontramos em algum mutirão-oficina. Abs e apareça, Carolina

Anderson Ferreira disse...

Primeiro gostaria de agradecer por postar conteúdos bacanas em seu blog!

Referente aos cursos, gostaria de postar algo que havia colocado no Facebook para o pessoal que visita o seu blog pensar e até conversar sobre o assunto, segue abaixo.

Cursos e Certificações em Permacultura, Bio construção, etc.
Custos, excluem ou incluem?

Olá amigos!
Gostaria de comentar sobre o custo das certificações como o PDC que são caras.

Fazendo uma pesquisa na internet, registrei que isso ocorre em outros países também, pessoas interessadas em mudar e aprender para fazer acontecer e questionando isso também.

CUSTOS DOS CURSOS CONDIZEM COM O CONCEITO DE PERMACULTURA?

Não sei todos os custos que isso envolve mas valores na casa de (dois mil reais) eu me pergunto se tal valor esta dentro do conceito de Permacultura. As vezes tenho a impressão que as pessoas não querem questionar e parecer inconvenientes mas se é para ter uma transformação esse é um assunto que penso ser pertinente. O sentimento que acredito gerar em muitas pessoas é o de exclusão. Será que seria interessante ao menos pensar em uma quantidade de vagas a um custo mais baixando visando a integração das pessoas com menor poder aquisitivo? Afinal até nas periferias existem pessoas engajadas buscando auto conhecimento mesmo que seja pela internet e afim de transformar o espaço onde vivem.

Unknown disse...

Estou amando as dicas.