sexta-feira, 11 de maio de 2012

Fazendo baton em casa

Eu faço muito azeite de urucum aqui em casa. O urucum é uma semente brasileira com propriedades antioxidantes e cicatrizantes, por isso os índios pintam sua pele com urucum, para se proteger.
A gente acha que a "maquiagem" indígena é uma questão estética, mas a raiz está na necessidade de proteger a pele. Daí as pinturas de guerra, para amenizar os ferimentos.

Há alguns anos, deixei um estojo de blush cair no chão, o blush se espatifou e virou um pó protegido pela caixinha plástica. Fiquei com pena de jogar fora, era marca boa, não testada em animais e eu realmente adorava aquela cor... Então, derreti uma manteiga de cacau e juntei o pó do blush. Minha ideia era fazer um blush cremoso, desses que viraram moda há algum tempo. Funcionou, mas também rendeu um baton quebra galho e em momentos de desespero, usei até como sombra rosada.

Acordei esses dias lembrando disso, que já fazemos quase todos os nossos cosméticos em casa, mas que a maquiagem ainda é industrializada e mesmo marcas não testadas em animais usam metais pesados e cancerígenos em sua composição. A própria Lush tem uma linha de Lip Balm colorida e aromatizada naturalmente com canela, mas ainda é necessário recorrer aos sintéticos para produtos como corretivo, base e rímel, que uso todos os dias.

As receitas tradicionais são em cêra de abelhas, mas imagino que carnaúba também dê liga e o mel de abelhas sempre pode ser substituído por melado de cana. Lembre sempre que eu mesma sem técnica nenhuma, de alegre, cheguei num batom bacaninha usando apenas manteiga de cacau e um pó corante à mão. Tente fazer com canela em pau em infusão nos óleos, troque um dos óleos por dendê e me diga no que deu, deve render uma cor linda. Pimenta fresca pode ser um toque interessante, como fez a Neide, exatamente por ser vasodilatador e realçar os lábios.

Como mulher é que nem índio, só se pinta quando vai para a guerra, seguem uns batons caseiros obtidos à partir de cêras naturais e coloridos naturalmente, com o urucum.


Creme para os lábios com urucum e pimenta, de Neide Rigo do Come-se

4 colheres (sopa) de sementes de urucum
Azeite de oliva extra-virgem (quantidade suficiente para, como o urucum, render 90 ml)
1 pimenta dedo-de-moça cortada em rodelas, opcional
12 g de cera de abelha picada ou em flocos
1,5 colher (sopa) ou 22 ml de água de rosas ou água de flor de laranjeira (ou água fervida e fria ou influsão de ervas aromáticas, como camomila ou erva-doce, por exemplo)

Numa frigideira pequena, coloque as sementes de urucum (e a pimenta, se for usar). Junte 2 colheres (sopa) de azeite. Deixe em fogo mínimo ou em banho-maria, sem deixar o óleo aquecer muito, mexendo sempre, até que saia bastante tinta das sementes. Se quiser, coloque uma luva de plástico e, depois de morno, esfregue as sementes de urucum entre os dedos para sair todo o pigmento. Deixe esfriar. Junte mais azeite, misture bem e passe tudo por peneira fina. Meça o azeite coado e junte mais azeite, se necessário, para completar 90 ml. O azeite de urucum está pronto para usar na cozinha ou no creme.

Derreta a cera picada ou em flocos, em banho-maria. Ainda no banho-maria, junte o azeite aos poucos, mexendo sempre. Tire a mistura do fogo e vá juntando, gota a gota, do mesmo jeito que se faz maionese - com garfo ou batedor de arame, a água de rosas ou de flor de laranjeira. Quando estiver tudo bem emulsionado, passe para um "banho-maria" sobre água e gelo para resfriar. E continue batendo com batedor de arame até a mistura ficar bem fria e cremosa. Pronto. Agora é só colocar em vidrinhos ou potes próprios para cremes.

Protetor Labial Artesanal Natural, da querida Sônia Orselli
(Eu tenho, ganhei de presente da própria Sônia e gosto tanto que passo ao redor dos olhos toda noite. Conto melhor na postagem "Ganhei presentes e adorei")

Para fazer colorido, junte o azeite de urucum no lugar do óleo de amêndoas ou faça um óleo de amêndoas colorido com urucum como faria com o azeite ou ainda, substitua por canela em pau na infusão branda dos óleos.

Composição:

Manteiga de cacau (Theobroma cacao, L.) - possui propriedades hidratantes,emolientes e antioxidantes, sendo facilmente absorvida pela pele,recuperando os danos causados por exposições ao sol ou frio excessivo.
Óleo de jojoba (Simmondsia chinensis) - na verdade, uma cera líquida,possuindo propriedades não oclusivas exelente regenerador cutâneo.
Óleo de coco extra-virgem (Cocos nucifera) - apresenta um alto índice de ácido láurico entre outros e segundo a Dra. Mary Enig, nutricionista, o ácido láurico é um ácido graxo de cadeia média, que é transformado em monolaurina no corpo humano, possuindo propriedade antiviral e bactericida.
Óleo de amêndoas (Prunus Dulci) - Sendo de fácil absorção, possui propriedades rejuvenescedoras, regeneradoras, hidratantes, amaciantes e nutritivas sendo também bastante emoliente. Rico em vitaminas A e B.
Macerado de calêndula (Calêndula Officinalis L. ) - Com propriedades cicatrizantes, regeneradoras e calmantes, além de ser anti-séptica e antiinflamatória.
Mel - possui propriedades bactericidas, antioxidantes além da ação fungicida, cicatrizante e emoliente.
Cera de abelhas - ideal para peles delicadas, especialmente quando estão desvitalizadas. Limpa a epiderme, suaviza e nutri a derme, prevenindo o envelhecimento cutâneo. Possui qualidades cicatrizantes e antinflamatória.
Vitamina E - antioxidante natural impede a oxidação dos ácidos graxos insaturados existentes nas composições dos óleos vegetais. Possui efeito anti-inflamatório além de ser hidratante e umectante.


Outras receitas (em inglês): How to make your own lipbalm


Mais informação:
Pimentas
Biodegradável
Tricô e crochê
Azeite aromatizado com urucum
Mel de abelhas x Melado de cana
Desodorantes veganos sem alumínio
Como funciona a indústria de cosméticos
Canela da China x Canela nacional batizada
A polêmica dos cosméticos verdes e um par de dicas do tempo da vovó

7 comentários:

Winglison Henrique disse...

Carol, sou eu, Winglison, again. É impossivel não lembrar de mim com esse meu nome nada comum. Fiz o forno solar com o revestimento de um microndas usado, não sei se funciona ainda, porque ele esta na escola e agente vai testar semana que vem. Mas tenho um novidade pra te contar o meu grupo da Expociência foi escolhido para representa a escola no Ciência Jovem que é tipo uma feira que é tipo o SBPC Jovem que acontece em Campinas só que aqui em Pernambuco é no Espaço Ciência. Pra fazer a pré-inscrição no concurso nós mudamos o titulo do tema para: "Energia Térmica: Um Passo para o Desenvolvimento Sustentavél" e mais uma vez peço sua ajuda, se tiver alguma sugestão pra me dar será muito bem vinda. As fotos do forno e dos testes(que ainda serão feitos) não estão comigo mais assim que tiver posto no Facebook e te mando link pra você ver como ficou, estou ansioso para que funcione rs. Um abraço e até a próxima.

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Winglison, claro que lembro de vc.
Te sugiro fazer o que mais gosto em energia solar: o Aquecedor Solar de Baixo Custo da Sociedade do Sol - isso sim manda bem!

Dá uma olhada nos links abaixo e me escreva, o blog tem página no Facebook, onde vc pode curtir e até postar.

http://caroldaemon.blogspot.com.br/2011/10/casa-sustentavel-e-mais-barata-parte-15.html
.
http://caroldaemon.blogspot.com.br/2010/08/aquecedor-solar-de-baixo-custo-faca-o.html

Bjs :-)

sylribeiro disse...

OI,Carol, adorei a receita do batom de urucum!
bjos

Damares disse...

Oi, Carol!
Eu fique com uma dúvida a respeito do protetor labial da Sônia Orselli: qual é a quantidade necessária de cada ingrediente para faze-lo? E qual a ordem dos ingredientes?

Viu, parabénspelo blog! As dicas de sustentabilidade sao ótimas!

bjos, Damares

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Syl, que bom que gostou :-)


Oi Damares,
acho que a idéia é usar a manteiga de base em quantidade suficiente para encher o pote e apenas adicionar gotas dos óleos essenciais e extratos. Até para que não se perca a textura.

abs,
Carol

Isabele disse...

Pra quem curte fazer a própria maquiagem e sabe ler inglês, sugiro uma visitinha ao site Instructables, em especial à página da usuária scoochmaroo (aqui um link pra protetor labial vegan: http://www.instructables.com/id/Vegan-Lip-Balm/ dá pra ver os outros instructables dela a partir deste). Ela ensina a fazer desde desodorante (do tipo stick, dificílimo de encontrar por aqui e muita gente gosta) e xampu até maquiagem mineral e protetor solar. Não sei qual a dificuldade de se obter os ingredientes no Brasil, nunca tentei pois não uso maquiagem, mas acho que pra quem não dispensa o uso de cosméticos e quer saber exatamente o que tem neles, é uma boa opção.

Carol, vi em outro post que você costuma ter alergia a xampus. Eu também costumo ter, meu couro cabeludo resseca e descama demais, mesmo os meus queridinhos da Phytoervas às vezes se voltam contra mim. O que funciona pra aliviar é a técnica do "no 'poo", que envolve lavar o cabelo com bicarbonato de sódio diluído como xampu e vinagre de maçã diluído como condicionador. Dá pra infundir umas ervas no vinagre pra mascaram um pouco o cheiro durante o banho (geralmente uso alecrim, uma blogueira gringa sugeriu canela e baunilha e morri de vontade de tentar mas tenho medo da canela dar uma alergia pior), e depois é só enxaguar bem e esperar secar que ele evapora. Uso essa técnica só de vez em quando agora, mas uns tempos atrás eu estava solteira, desempregada e sem ligar pro mundo e deixei de usar xampu por meses a fio. Meu cabelo ficou forte e cresceu super rápido, o inconveniente era sair cheirando a salada quando eu ficava com preguiça de enxaguar direito haha!

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Isabele,
Maravilha seu depoimento, é isso aí.
Dá uma lida tb em duas postagens linkadas acima: PasBas e os Cosméticos verdes, outras moças tb falam sobre isso nos comentários.

Bjs e apareça :-)