quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Mais uma dica sustentável e veterinária: pescoço de galinha


Existe uma linha veterinária séria e respeitada que defende o mesmo que o Slow Food, que seres vivos devem comer comida fresca, produzida localmente e com ingredientes de boa qualidade.
Da mesma forma que nossa alimentação deve ser a mais natural possível, a dos cães também não deve restringir-se à ração industrializada, tão cheia de conservantes que não estraga nunca.

Aqui em casa, são 3 vira-latas, todas adotadas e castradas. Como viajo muito à trabalho, não posso dar a alimentação natural quando estou fora. Por isso, procuro dar a melhor ração possível e complementar com muitas frutas doces - como mamão, banana, goiaba, maçã e manga - e ossos crus, um excelente alimento que ainda distrai o animal e ajuda a limpar os dentes.
Eu falo melhor sobre a limpeza do tártaro na postagem dos joelhos e canelas de boi. Mas lembro que foi a única solução para o mal hálito de um dos meus cães.

Recentemente, fui à feira e vi muitas carcaças de frango à venda junto com partes menos nobres de outras carnes, como tripas, buxo e vísceras em geral. Resolvi levar para experimentar 1 quilo de pescoço de galinha cru e elas adoraram. Devoraram tudo em segundos.
Tenho então mantido o hábito, dou 1 quilo semanal para cada animal, 1 fruta diária, 1 dente de alho cru espremido misturado à fruta, as vezes um pouco de cenoura e coco ralado (que elas amam) e, sempre que posso, deixo os joelhos de boi.
Outra prática muito importante que aprendi com um adestrador, é juntar 1 colher de sopa de vinagre de limão ou maçã (mais fracos) a cada litro de água da tina em que o animal beba. Garantiu-me que era bom para todo o sistema digestivo do animal.
Essas práticas vêm funcionando e aproveito para compartilhar.

Pense sempre que o cão em seu habitat natural, a mata, não teria como destrinchar as aves, roedores e demais animais de pequeno porte que viesse a caçar. Seus intestinos não foram adaptados aos osso cozidos, mas os ossos crus podem e devem ser roídos.

Caso seja vegetariano e tenha restrições à pecuária e toda a agroindústria, continue boicotando seus produtos, mas pense que ao comprar seus refugos para os animais domésticos, está apenas aproveitando os restos de uma produção que normalmente vão parar no lixo - até porque o resto do mundo continua comprando sem critério algum apenas as partes nobres. Aproveitar o que não é vendido pelos restaurantes é uma prática sustentável em todos os aspectos, é a reciclagem da comida em última análise.



Mais informação:
Cães também bebem garapa
Cachorros também comem pés e ovinhas de galinha
Dica sustentável e veterinária do dia: canela e joelho de boi
Castre seu cão: 1 casal de cães gera até 80.000.000 de filhotes em até 10 anos!
Carnaval sustentável: deixe seu animal em casa - ele não é palhaço para sair fantasiado num bloco!

31 comentários:

Anônimo disse...

Como tenho muitos pra sustentar não consigo dar a ração que gostaria, mas a que posso comprar. E pra não ficar só na ração a 1ª refeição cedinho é arroz com vísceras e sobras moídas onde misturo todo tipo de vegetal, cascas, talos, o que rolar. Eles adoram! Faço toda noite e vai morninha pra vasilha. É meu carinho já que cafuné pra tantos fica dificil.
Gostei das dicas e legal teu trato com as meninas. Bjs
Ana - Araça

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Ana, que maravilha!
Ração boa é caríssimo, não dá.

Quanto cães você tem?

abs,
Carol

Anônimo disse...

Oi, Carol.
17 sendo 8 cães e 9 cadelas. E 12 bigodes, ou seja, gatos.
Alguns já tentaram outro lar mas acabam devolvidos.
Bjs

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Gente, como ela é chique.
Entra aqui há anos e nunca comentou nada sobre ser protetora...
Cria 29 animais e nunca se gabou.
Parabéns, Ana!

Monique disse...

Oi Carol! Tudo bem?
Adorei as dicas, sigo o Mãe de Cachorro e vim aqui ler.
Carol, aqui onde moro nunca vi para vender pescoço de frango, tem peito, coxa, asinha, e frango inteiro. Moro em SC. Uma pena, gostaria de experimentar, já que um dos meus cachorros tem graves problemas de tártaro, já fez 3 limpezas e na última perdeu 22 dentes, doença periodontal.
Beijo e tudo de bom.

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Monique, já tentou ir direto nas granjas?
Vc pode trazer de fora da ilha e manter congelado.

Dá uma olhada tb nas canelas de boi:
http://caroldaemon.blogspot.com.br/2012/05/dica-sustentavel-e-veterinaria-do-dia.html

abs
Carol

Haide Santos disse...

Meu cachorro esta idoso e não tem jeito não quer comer ração ..vou ver se encontro pescoço ..mas acho que cru não creio que coma ..vou tentar fazer cozido ...boa dica !!!!

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Haide,
não aconselho. Os ossos devem ser crus por causa justamente do intestino dos animais. Um osso firme é roído a exaustão. O osso cozido vai passar direto e pode até perfurar os intestinos, ainda mais num amigo idoso. Fique de olho e converse antes com o veterinário. Todo cuidado é pouco.
Um beijo e escreva,
Carol

Unknown disse...

Tenho um cane corso de 8 meses
Quantos pescoço de frango posso dar por dia ?

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi, eu não conheço essa raça e seria preciso avaliar o filhote. Como não sou veterinária, sugiro que vc procure o pessoal da "cachorro verde", eles podem te dar uma posição com segurança. Abs e bsorte p vc e seu cãozinho.

junior lourenço disse...

Bom dia! Gostaria de saber se pescoço de frango e pé de galinha ajudam o cachorro a ganhar peso e massa muscular

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Jorge, o pessoal da Cachorro Verde pode te responder melhor. Mas eu imagino q sim, afinal e proteina pura.

Liline disse...

Olá,

Eu estou tendo problema com a alimentação dos meus... tenho 2 shitzus um é macho castrado e o outro é fêmea não castrada. O macho está 1 kg acima do peso e come a raçãio dele e da outra. Eu não sei como fazer para separar pq quem cuida é o meu avô e ele já faz muito sabe. Como que você faz para alimentá-los sem que eles comam a comida do outro? Eu poderia alimentá-los somente pela noite?

Att,

Aline.

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

O ideal é alimentar todo dia no mesmo hr. E não deixar a ração ou comida por muitas hrs. Se só chega à noite, coloque ração-comida para ambos e fique sentada do lado. Quando o macho começar a atacar o pote da fêmea, tire o bicho e deixe-a comer até o final. Uma outra ideia é separar os dois enquanto comem, vc coloca os potes em comodos separados e vai tomar seu banho, jantar, abrir os emails... Volta 1hr depois e dá o assunto por encerrado. Quem não comeu hoje, só come amanhã.

Elaine V. disse...

Nao concordo.Minha mae criou seus animais cozinhando com arroz pra cachorro pescoco d frango ate desmancharem e eles viveram saudaveis ate os 15 anos.

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Eliane, não sou veterinária nem adestradora. Sigo as recomendações deles, só isso. Os veterinários da Cachorro Verde recomendam NÃO dar ossos cozidos. Sobrevive-se a quase tudo, até água contaminada, ar poluído e agrotóxicos. O fato de os cães terem comido e sobrevivido tão bem, não significa que não possa matar outro. E eu não quero essa responsabilidade nas minhas costas.
Fico feliz que tenha dado certo na sua família, mas não posso recomendar, não sou nem da área. Só sigo o que os especialistas recomendam e conto muito modestamente num blog gratuito e amador o que faço em minha casa. Ir além disso pode até configurar crime de curanderismo e prática ilegal da área de saúde.
Um beijo e tudo de bom,
Carolina

Linda Livani disse...

Olá gostei muito dos comentários e das dicas que vcs nos passam. Confesso que ainda paira a dúvida sobre pescoço de frango. Cozido ou cru porque penso que os ossos do pescoço são bem molinhos e cozidos não amolecer mais? Também me dissertar que garganta de boi e muito Boa para eles. Que acham?
Grata
Linda

Linda Livani disse...

Achei super interessante todos os comentários e dicas porque sou a favor de uma alimentação natural para nossos amores caninos. Ainda paira uma grande dúvida sobre pescoço de frango. Como dar cozido ou moído cru. Porque como é um osso bem mole será que se cozinhar ele endurece ou amolece mais. Tenho medo de dar cru. Que acham? Meu Tobby(salsicha) tem 13 anos então tenho muito cuidado ao dar algo para ele. Também ouvi falar que garganta de boi e boa pela cartilagem que tem... alguem poderia me orientar?
Obrigada
Linda

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Linda,
não conheço garganta de boi, mas pelo pessoal da Cachorro Verde Veterinária, ossos devem ser sempre crus. Cozido se rompe no estômago do animal e pode perfurar o intestino. Principalmente em cães menores e idosos.
É para o bicho roer mesmo, até ficar moído pelos dentes dele, senão vai engolir inteiro e perfurar na barriga.
Dá uma olhada no site da cachorro verde e se informa, eles são veterinários e podem te ajudar.
abs e um beijinho no Tobby,
Carol

crystina godoi disse...

EU TENHO UM CÃO ROT DE 4ANOS PODE DAR PESCOÇO E FIGÁDO DE DE FRANGO?
GRATA.😘

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi. Não conheço a raça. Mas fígado é seguro sempre, modela tb. Pergunte ao veterinário e pessoal da Cachorro Verde se o pescoço e demais partes ósseas estão liberadas.

Andréia Fonseca disse...

Oi Carol, uma dúvida. Não é aconselhável dar pescoço cozido???? Eu vizinho bem na pressão, depois ponho um pouquinho de arroz, fígado de galinha, peito, cenoura abobrinha. Será q tem problema?

Andréia Fonseca disse...

Oi Carol, td bem???? Nem os ossinhos de pescoço de frango pode dar cozido???

Andréia Fonseca disse...

Oi Carol, uma dúvida. Não é aconselhável dar pescoço cozido???? Eu vizinho bem na pressão, depois ponho um pouquinho de arroz, fígado de galinha, peito, cenoura abobrinha. Será q tem problema?

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi. Osso só cru. Pro bicho roer. Se estiver cozido, ele engole pedaços que perfuram intestinos.

Naide fagundes disse...

Eu compro pescoço moído cozinho junto com arroz sem tempero nenhum

Unknown disse...

Eu dou pé de galinha na milharina. Queria saber se aquela leve fervura que os pés recebem na milharina já faz os ossos não servirem mais para digestão, pois eles nem mudam a cor, creio que eles não chegam a cozinhar.

wagner disse...

Boa noite, observei que muitas pessoas estão tentando de alguma formar dar um bem estar pra seu amigo.

Porém as opniões estão sempre surgindo de todos os lados e das mais diversas espécies, logo temos que observar que de uma certa forma a questão de alimentos no Brasil deixa a desejar, logo temos que ter muito cuidado onde comprar certos alimentos para nossos amigos.


Na minha opinião, que sou criador de Hotweller, procuro sempre dar uma ração de altíssima qualidade de marca de alto renome!

Lembrem-se que determinadas rações tais como Royal Canin, Hills, Premier, são alimentos completos, ou seja, você não precisa gastar mais dinheiro com alimentação suplementar.

Quando você acha que está satisfazendo seu amigo, na verdade está dificultando na sua estabilidade e desenvolvimento.


Então vale a pena sempre dar ração de alta qualidade !! Com isso você economiza com despesas extras com veterinário ..

Boa noite a todos, minha humilde opinião !


Marcos Paulo disse...

Boa noite ! Queria saber se preciso tirar a pele do pescoço para dar para o meu amigão!

Marcos Paulo disse...

Boa noite! Queria saber se preciso tirar a pele do pescoço para dar para o meu amigão?

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Não precisa. Ele vai amar! Abs