terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Amazônia Ilegal: O que se tira da Floresta





Longe de começar uma discussão se a floresta deve permanecer intocada ou se seria mais interessante tanto do ponto de vista social quanto ambiental, fazer um estudo do manejo sustentável da mesma.

Quando se fala da floresta como fornecedor de commodities, muita gente não enxerga a dimensão do lucro que a mesma proporciona.

O excelente infográfico acima nos dá uma pálida ideia de porque é mais interessante manter uma floresta em pé do que alagar a área para hidrelétricas de grande porte, desmatar para pecuária ou monocultura e até pelo avanço da urbanização.
Alguns pontos do infográfico são inaceitáveis, como mortes encomendadas, prostituição, garimpos e tráfico de animais, mas tente enxergar o todo e entender de uma vez por todas porque todo ecossistema tem que ser preservado ao máximo.

- Mas e se começarmos a comprar das agrocooperativas familiares locais todo esse açaí e castanha do Pará?
- Sem um estudo e devido acompanhamento essas mesmas famílias vão devastar a "fonte de renda" com a mesma fúria de um garimpo.
- Então?
- Compre menos, o mundo é o que você compra. Lembra que toda bebida pronta é crime de hidropirataria, mesmo as fabricadas com certificação orgânica, já que consomem pelo menos 5lts de água para cada litro de bebida produzida? Sinal que você pode e deve viver sem suquinhos obscuros, principalmente num país tropical onde as frutas apodrecem por falta de consumo.


Em tempo, todo manejo impacta. Não existe desenvolvimento sustentável, isso também é mito politicamente correto. O que existe é a tentativa de desenvolvimento impactando o mínimo possível. A sustentabilidade é um cálculo imperfeito que tende à zero, mas que nunca atinge esse ponto de equilíbrio na prática. Daí outra discussão, nenhuma fonte de energia pode ser considerada limpa se seu passivo ambiental é maior do que o CO2 emitido.


Frase do dia no site do pessoal do Ecosurf: Quando a natureza destrói uma obra humana, é catástrofe. Quando o homem destrói a natureza, é progresso.


Fonte da Imagem: Super Interessante


Bons filmes sobre a questão:
Flow, por amor à água
A Revolução dos cocos
Cruzando o deserto verde
A sombra de um delírio verde
The story of stuff project: A história das coisas


Mais informação:
Soja é desnecessário
Flores não são verdes
Jóias são insustentáveis
75 livros sobre Sustentabilidade
Farra do Boi na Floresta Amazônica
O lado B da energia eólica em larga escala
O PAC não se paga: Jirau, Belo Monte e Mauá
Quantos animais podem viver em uma única árvore
Agronegócio perde em eficácia para agricultura familiar: O mito do agrobusiness
Mais hidrelétricas mal explicadas nesse país solar: Fumaça, Tapajós, Jamanxim, Teles Pires e claro, Belo Monte

5 comentários:

Jorge Inacio disse...

Olá, tem um link dessa imagem ampliada ou com melhor resolução? Não consegui ler o texto no infográfico.

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Jorge, não achei o link no site da Super. Mas te deixo uma dica: vc pode salvar e ampliar a resolução. Tomara que te ajude.
Abs,
Carol

Anne disse...

Vc q me acordou para o absurdo da hidropirataria. Gratidão!

Jorge Inacio disse...

Oi Carol, consegui encontrar a imagem do infográfico e postei em um novo blog que criei,obrigado pela atenção e até mais.
http://ecom415.blogspot.com/2013/01/amazona.html

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Jorge, valeu pelo link. Atualizei a postagem e ficou um escândalo de grande. Vou deixar assim, curti.

Oi Anne, sempre às ordens. Passe a bola, o assunto interessa a todos nós.

abs,
Carol