sábado, 6 de julho de 2013

A casa sustentável é mais barata - parte 20 (reuso de águas cinzas do banho para o sanitário)

O projeto abaixo foi integralmente retirado do site sempre sustentável de Edison Urbano, um dos meus ídolos em Permacultura.

Há exatos 1 ano, eu tive o prazer de conhecer Edison pessoalmente justamente numa oficina da Permario sobre seu projeto para captação de águas pluviais. Essa experiência única está descrita na postagem 1 semana com a Solarize e 2 dias com a Permario .
O projeto abaixo conta também com parceria da Sociedade do Sol, que aparece aqui no blog em muitas outras postagens que irão linkadas no final. Observe que a Sociedade do Sol é a divulgadora da tecnologia do ASBC, o aquecedor solar de baixo custo de patente livre, invenção de um brasileiro sobre como fabricar um aquecedor solar em uma tarde ao custo de R$35,00.

Não deixe de ler e aplicar a técnica do Edison, o reúso de águas cinzas deveria ser obrigatório pelo Código Nacional da Construção Civil. A água doce e tratada que alimenta nossos filtros e talhas é a mesma que usamos para empurrar nossas fezes, lavar calçadas em dias de chuva e tomar banho.


PROJETO EXPERIMENTAL DO REÚSO DE ÁGUA DO BANHO FAMILIAR PARA AS DESCARGAS NO VASO SANITÁRIO



MANUAL DE CONSTRUÇÃO
Versão 1.0
Obs.: Esse projeto contou inicialmente com o apoio da ONG Sociedade do Sol.
Reúso da água originada no banho familiar.
Estudando algumas opções para economia de água potável, verificamos que o reúso da água do banho é um caminho interessante para a redução de uso da água potável em aplicações simples como por exemplo nas descargas dos vasos sanitários. Essa água é denominada de água cinza (Greywater). Bastante utilizada para irrigação em outros países.
Mantendo o conceito da auto montagem, e com materiais de fácil obtenção, estamos desenvolvendo alguns projetos experimentais que permitem reduzir o uso da água residencial em cerca de 30%, sem aplicação de tecnologias complexas e sem perigos para a saúde do usuário.
Existe certa correlação entre a água consumida no chuveiro e a consumida no vaso sanitário, equilibrando essas demandas. Veja a seguir os cálculos que nos levaram a essa conclusão:

Cálculos de consumo de água.

Consumo médio de água por pessoa:
4,5R (R = m³)  por mês = 4,5m³ por mês = 4.500 Litros por mês = 150 Litros por dia.

Consumo médio diário com banho:
(obs.: chuveiro com vazão média de 3,5 Litros por minuto, e banho de +/- 15 minutos)
1)- 15 X 3,5 = 52,5 Litros;
2)- 52,5 X 30 (dias) = 1575 Litros/mês = 1.57m³
3)- Isso significa 34,88% do consumo mensal.

Consumo médio diário com descargas:
(obs.: cada descarga tem vazão de +/- 10L)
1)- média de descargas = 5 vezes ao dia = 50Litros/dia.
2)- 50 X 30 = 1500 Litros/mês = 1.5m³.
3)- Isso significa 33,33% do consumo mensal.
Baseados nos cálculos acima, buscamos algumas ALTERNATIVAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA COM AS DESCARGAS. Dentre elas temos:
1ª- ALTERNATIVA:
usar vasos sanitários econômicos (também conhecidas como bacias ecológicas) com caixa acoplada para limitar o volume de água por descarga (por volta de seis litros). Vários modelos disponíveis no mercado. Nos vasos sanitários mais antigos, cada descarga gasta em torno de nove a dez litros, e em sistemas que usam a válvula de descarga na parede (hidroassistida), esse volume chega a dobrar facilmente.
Atualmente já existem algumas alternativas bem interessantes como:
- a caixa de descarga acoplada com um botão duplo de acionamento, um para dejetos líquidos (3 litros) e outro para dejetos sólidos (6 litros);
- os sistemas a vácuo, usados em banheiros de aviões, ônibus, embarcações, etc.;
- e os banheiros secos, muito difundido na Permacultura.
VASO SANITÁRIO COM CAIXA DE DESCARGA ACOPLADA
2ª- ALTERNATIVA:eliminar todo o consumo de água (potável) com as descargas.
Para isso será reaproveitada a água do banho.
Isso vai significar +/- 30% de economia por mês.
Veja a figura ao lado =>
CLIQUE PARA AMPLIAR
Veja a seguir o projeto em teste desde início de 2004

ATENÇÃO: ESSE PROJETO ESTÁ EM FASE DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

CLIQUE PARA AMPLIAR 

CLIQUE PARA AMPLIAR
CLIQUE PARA AMPLIAR 

CLIQUE AQUI PARA VER O MANUAL DE CONSTRUÇÃO DESSA BOMBA DE ÁGUA MANUAL


Olá,
veja a seguir uma resposta padrão que estou enviando aos interessados no projeto de Reúso de água do banho familiar para as descargas no vaso sanitário:

---------------início da resposta padrão---------------
O projeto de reúso da água do banho familiar para o vaso sanitário, contou com o apoio da ONG Sociedade do Sol até julho de 2010. Trata-se de um projeto experimental e não está sendo disseminado livremente (com todos os detalhes técnicos necessários). Isso porque estamos desenvolvendo um sistema que seja confiável para qualquer pessoa manipulá-lo (bom, bonito e barato). O manuseio com essa água (água cinza) pode não ser feito corretamente, e isso pode gerar problemas de saúde principalmente na pessoa que vai fazer as manutenções no sistema. Por esse motivo é que não estamos repassando tecnicamente como fazer o reúso, apenas descrevemos no desenho (ver no site) como estamos fazendo os testes. Só o que podemos adiantar é que se fizer um bom sistema de filtro(s), e enviar a água (filtrada) para um reservatório e manter essa água clorada (com cloro de origem orgânica = cloro usado em piscinas), poderá usar para as descargas no vaso sanitário sem problemas.
Aparentemente a solução é bem simples, e é, se dispor de recursos financeiros para montar um bom sistema de tratamento de água cinza, mas... quando a necessidade é "de ser" de baixo custo, aí...., temos que ter muita criatividade, persistência, paciência e um enorme desejo de que isso venha a acontecer. Então, pode ter certeza que quando isso acontecer, irá imediatamente para o site.

Colocamos a teoria em prática (desde janeiro de 2004, quando foi feita a primeira apresentação em público do nosso projeto), e estamos quebrando alguns preconceitos culturais. Provamos que é possível fazer esse tipo de reúso (em casas uni-familiares), e que a economia é bem significativa e imediata (em média 30%).

Obs.: Só aconselhamos o uso da água da pia do banheiro ou máquina de lavar roupas se o volume acumulado com a água do banho for menor do que o gasto com as descargas. Veja os nossos cálculos comparando esses consumos na página: http://www.sempresustentavel.com.br/hidrica/reusodeagua/reuso-de-agua-do-banho.htm mas é importante que fique bem claro que tudo ainda pode mudar. A água da máquina de lavar roupas normalmente apodrece mais rápido que a água do banho, por isso não indicamos; e a água da torneira da cozinha é classificada como água negra (esgoto bruto), e um tratamento para esse tipo de água deve ser muito mais completo, iniciando por uma fossa séptica (biológica) e muitos outros.

Por se tratar de um projeto experimental, não podemos assumir a responsabilidade se o mesmo for feito por pessoas incapacitadas ou em lugares públicos como por exemplo um condomínio, escolas, albergues, creches, etc. Para esses casos, o certo é solicitar os serviços de uma empresa especializada, e que dê garantia e manutenção total aos equipamentos. Você vai encontrar pela internet algumas empresas que fazem tratamento de água para o reúso com equipamentos industrializados. O custo inicial é pesado, mas..... com o tempo ele vai acabar se pagando, e o principal é que estarão fazendo economia de água potável; o planeta agradece. Procure saber também sobre os cuidados e manutenções que deverão constar no orçamento.

Em se tratando de condomínio, e principalmente a ser construído, nossa orientação é um pouco diferente. O ideal é fazer um sistema coletivo de tratamento de água no pé do morro. Assim, irá devolver a água LIMPA para a natureza (lençol freático). Com esse sistema funcionando bem, você vai ganhar muitos admiradores pelo condomínio ecologicamente correto. Você ainda pode montar um sistema hidráulico independente para usar a água tratada para irrigar os belos jardins em volta das casas, ruas, etc. Assim, ainda estará devolvendo a água limpa para a natureza.

Para quem vai construir ou reformar, nossa sugestão é deixar a casa preparada para as futuras tecnologias que poderão surgir. Então sempre é bom deixar tubulações separadas para água potável (pias, chuveiros, maquinas de lavar roupas ou louças), para usar água da chuva, e para água de reúso, principalmente para descargas nos vasos sanitários.

Procure se informar também sobre "Aproveitamento de água da chuva". Veja em: http://www.sempresustentavel.com.br/hidrica.htm 

---------------fim da resposta padrão---------------

Atenciosamente,
Edison Urbano.
Criação, P&D em tecnologias de baixo custo.
e-mail: ediurb@sempresustentavel.com.br
site: www.sempresustentavel.com.br




Outra opção:







Uma das primeiras dicas que deixei aqui, foi sobre reuso de água da máquina de lavar, realmente a água da máquina pode ser reaproveitada para futuras lavagens pelo menos 3 vezes e ainda reutilizada para lavar a casa após todo esse processo. Se cada lavagem gastar o mínimo de 60lts e você utilizar a mesma água para 3 lavagens, que utilizariam 180lts, você estará economizando 120lts diretamente. E provavelmente mais uns 60lts indiretamente se reaproveitar para a faxina - economizando pelo menos 200 lts semanais.


Uma outra forma de reuso de água muito simples e inteligente é acoplar a saída da pia (e até do chuveiro) para as caixas sanitárias de descarga. A água do banho no chuveiro e da higiene pessoal na pia são ambas limpas, desperdiçadas na tubulação de esgoto e poderiam ser reutilizadas sem problemas para a descarga. Acredito até que, por a água já vir com produtos de higiene pessoal, ajudem a manter o vaso sanitário limpo e perfumado, além é claro de evitar um outro problema doméstico muito comum: vazamento e mofo no armário do banheiro, já que a cisterna está isolada e o armário terá que ser colocado ao lado, bem longe do sifão.

Se você já usa produtos biodegradáveis para higiene pessoal, estará praticando 2 boas praticas em 1 única ação: reutilizando a água e não poluindo com químicos.

Em tempo: 60 a 70% do consumo de água em residências é oriundo dos banheiros.







Mais Sociedade do Sol:


Outras opções afins:

Nenhum comentário: