terça-feira, 8 de abril de 2014

Uma casa na árvore na Praia do Felix em Ubatuba (SP)



Geralmente, as notícias sobre casas nas árvores são estrangeiras, a própria casa na árvore de Frans Krajcberg, em Ilhéus (BA), chega a ser encarada como uma excentricidade artística. O urbanismo brasileiro infelizmente ainda não deu esse salto em direção aos condomínios e comunidades de casas nas árvores.
Hoje, a postagem traz um exemplo nacional bem sucedido. A cidade do Rio de Janeiro, onde moro, é definida pela Bossa Nova como o encontro do mar e da montanha, mas eu acho que essa casa na árvore paulista foi muito adiante no conceito.





A Casa na árvore da Praia do Félix, Ubatuba

A casa é apoiada em doze vigas de aço e seu acesso faz-se através de uma escada escorada a um deck de madeira. Por uma questão estética, a casa é envidraçada e abre-se para o mar. Um corredor em passarela aberto faz a ligação entre os espaços e há decks para contemplação da vista, reunir amigos ou mesmo fazer alongamento e meditação.
A privacidade é garantida pela mata fechada e alguns ambientes em parede fechada.







Mais informação:
Casas na árvore
Green Roof Penthouse
As casas na árvore de Pete Nelson
Finca Bellavista: uma comunidade sustentável de casas em árvores



Um comentário:

Virgílio Moura disse...

Oi Carol...saudades...a casa do Frans Krajcberg a que te referes...senão estou enganado é Projeto do José Zanine Caldas e é em Nova Viçosa..eu acho..Beijos