segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Gripes e resfriados



Verão chegando e com ele, chuvas, ruas abafadas, táxis e escritórios refrigerados e claro, muitas gripes de nome engraçadinho. Segundo Dr. Drauzio Varella, gripes e resfriados não são a mesma coisa e o mais importante, espirrar porque abriu a geladeira não é sinônimo de resfriado. A imagem acima do portal SentirBem do UOL  esclarece as principais diferenças.

Eu não tenho tendência a gripar, demoro a cair, mas como nem todos têm a mesma sorte, resolvi escrever um manual de sobrevivência baseado estritamente na minha experiência pessoal. Não tenho a menor intenção de substituir médicos e demais profissionais de saúde.
O meu grande aliado o ano todo é o azeite de alho cru. Aprendi com uma leitora, Luciana Camuzzo, autora do blog Aragem Contemperânea. Eu sempre fiz muito azeite aromatizado com alho, alecrim, tomilho, ururum e o feitio desses azeites aparece na postagem Azeites aromáticos orgânicos e "manteigas" de legumes caseiras. Então, Luce comentou que, quando fazia em alho, não esquentava como eu, mas simplesmente socava muito alho cru dentro de um vidro de azeite e, depois de uma semana, havia um delicioso azeite de alho fresco. Adorei a ideia e adotei, desde então, quando faço em alho, deixo tudo cru. Uma observação: alho fermenta, deixe na geladeira para que os gases não explodam o vidro, emporcalhando a cozinha. Socou alho no vidro, feche e leve a gelar. Já estourou comigo e foi um pesadelo para limpar. Espere a semana indicada e comece a consumir, o alho que sobrar ao término do azeite, não pode ser reaproveitado, mas é muito gostoso.

Beber muita água também ajuda para tudo, até para evitar o envelhecimento. Há mais de 20 anos, comecei a beber meio litro de água todos os dias em jejum e outro meio litro toda noite antes de dormir, além de beber pelo menos outro litro ao logo do dia. Acredito que grande parte das mazelas que acomete a maioria das pessoas deriva de um organismo desidratado. 

Dormir bem, eu durmo pelo menos 7 horas todas as noites, quando gripo, aumento o período. Mais uma vez, uma boa noite de sono é antídoto contra a maioria dos problemas, até o envelhecimento. O organismo adapta-se a quase tudo, é naturalmente programado para isso. Quando algum vírus o ataca, o organismo pode curar-se normalmente na maioria dos casos, mas precisa "desligar-se" das outras funções (principalmente a digestão) para se restabelecer e colocar a casa em ordem. Mãe de filho pequeno leva a criança ao médico e ouve "Não é nada, só uma virose, passa em poucos dias".

Um resfriado significa que o organismo resfriou, pode parecer óbvio, mas muita gente não associa as gripes e resfriados à perda de temperatura corporal e, tentando curar-se, bebe litros e mais litros de laranjadas e limonadas. Eu adoro limonada suíça, tenho aqui no blog uma postagem exclusiva dedicada à ela, Limão Galego. Entretanto, quando estou gripada, não bebo das minhas limonadas e explico melhor.
O limão e a laranja são alimentos de natureza fria. No ocidente não existe a tradição de catalogar os alimentos por natureza e movimento, mas a medicina oriental chinesa faz isso há milênios com muito sucesso. Para um médico ocidental, que se prende às análises bioquímicas, a limonada seria indicada pela presença de vitamina C. Para um médico que siga a linha oriental (ou acupunturistas), as limonadas são contra indicadas por resfriarem um corpo que precisa de calor e te indicaria o mesmo limão, mas em chá ou numa sopa. Sem leite, que cria muco e também é de natureza fria.

Alimentos de natureza quente (Yang): todas as especiarias, mel de abelhas, alho, cebola, a maioria das carnes (exceto pescados)

Alimentos de natureza fria (Yin): quase todas as frutas, ovos em geral, lácteos em geral, folhas cruas em geral e a maioria dos pescados.

A tabela abaixo ajuda e foi retirada do site IMTO - Instituto de Medicina e Terapia Oriental






Como os alimentos também podem ser classificados pelo seu movimento, durante as gripes o indicado seria ingerir os de movimento descendente, para expulsar o muco e com ele, as bactérias que tornam o campo fértil para o vírus da gripe se instalar. O texto abaixo, retirado do site A arte do Tao exemplifica:
"Os alimentos de Movimento Ascendente, aqueles que movem para cima, são bons na Primavera e geralmente são picantes, ácidos ou doces e de natureza neutra. Exemplo? arroz, milho, abóbora, damasco, carne bovina, etc.
Já os alimentos de Movimento Descendente, aqueles que movem para baixo, são bons no Outono, geralmente possuem natureza fresca, quase fria, como alface, broto de bambu, melão…
No Verão o bom são aqueles que movem para fora, tirando o calor de dentro do corpo para que este não fique excessivo. Geralmente eles são picantes, como gengibre, agrião e rúcula.
Para aquecer no Inverno, alimentos que movem para dentro, geralmente de sabor salgado ou amargo e natureza morna, chicória, mariscos, caranguejos…
Claro que não vamos só ingerir um tipo de alimento em cada época do ano, mas dar uma realçadinha pode fazer toda diferença. Também é de extrema importância na Dietética Chinesa a Natureza do alimento, ou seja, se ele é Yin, Yang ou Yin/Yang; além de mastigar bem os alimentos, não ingerir líquidos gelados, etc."

Muitas orientações podem não se aplicar a você, eu me dou muito bem com canja de galinha com pimenta, sopas de feijão com cravo e canela, caldos de abóbora com gengibre, açordas alentejanas em alho e cúrcuma, missoshiros com cebola e um preparado indiano que é uma das duas únicas receitas desse blog com mel de abelhas, o Brahmastra:

Brahmastra para curar gripes e resfriados:
0,5 lt de água
1 col de sopa de mel de abelhas
1 pau de canela
3 cravos da Índia
1 "dedinho" de gengibre
1 pitada de pimenta 
sumo de 1 limão
Ferver todos os ingredientes, exceto o limão. Apagar o fogo, esperar esfriar um pouco, espremer o limão e tomar ainda quente. Não deve ser ingerido por gravidas, pode causar aborto espontâneo. Eu tomo antes de dormir, calçando meias e devidamente enfiada debaixo do edredon.
Não existe nenhum estudo científico relacionando o consumo de especiarias ao aborto espontâneo, mas a sabedoria popular e a medicina oriental não indicam o consumo das mesmas em caldos quentes principalmente no início da gestação. Receita de chá abortivo usado sem critério em todo o país: chá de canela em pau. Faz sentido, a canela, além da natureza quente, também é de movimento descendente. Bota para fora. Não tente em casa, um aborto induzido pode fazer com que a gestante sangre até morrer e é crime pela legislação brasileira.  Curiosidade: poucos alimentos são de natureza ascendente, "sobem", sinal de que temos mesmo que deixar sair e parar de impedir as reações naturais do corpo humano, como diarreias, corizas, suores e afins. O corpo é um canal que, quando obstruído, entope.

Provavelmente as duas receitas mais tradicionais brasileiras para gripe são a canja de galinha e o leite de açúcar torrado. Ambas proporcionam calor e fazem suar, o que é ótimo. Vai ajudar a derreter o muco e com o sono, que geralmente acompanha, a pessoa tende a acordar mais bem disposta.
A canja de galinha portuguesa é uma adaptação de um alimento chinês consagrado desde a antiguidade, a Kanji, que foi incorporada quando das navegações. É basicamente uma papa de arroz com vegetais e alguma fonte de proteína, bem quente para restabelecer o organismo. O caldo de frango realmente dissolve muco e muita gente começa a sentir necessidade de assoar o nariz ainda com o prato cheio em função de uma proteína presente, a caseína. Junte umas pimentas, muito alho e o efeito potencializa. O arroz, além de ser a base da alimentação do oriental, é um carboidrato ótimo para essa fase pela rapidez com que é digerido, especialmente se for do integral, que vai facilitar outra eliminação, pelo bolo fecal. 
E, acredite, quanto mais gorda a canja, mais rápido desentope. Se não suporta canja, faça o caldo de frango gordo e use para o preparo do feijão bem temperado no alho. Mas o que elimina o muco é o caldo, catar o arroz e o franguinho desfiado não adianta nada.
O leite quente no açúcar torrado não traz nada de bom, além do calor. Um missoshiro é muito mais fácil de ser feito e não vai te intoxicar com açúcar nem encher de muco, como o leite faria. Um bom chá quente com umas gotinhas de limão, 1 cravinho ou 1 pedacinho de gengibre já resolve o assunto. O que você precisa nesse momento de resfriado, é se reesquentar. Na falta até do chá, um banho morno e muitas horas de sono, sem o ar ligado, já vão fazer muita diferença. O organismo se restabelece normalmente se parar de ser atacado. "É só virose, vai passar" dizem os pediatras, lembra?
Eu cresci sendo posta no sol quando gripada, acreditava-se que "desencatarrava". A verdade é que melhora sim, principalmente se pegar o sol no peito e nas costas. E contrariando a preguiça e ignorância, caminhar ao ar livre, pedalar, nadar e até pegar uma praia podem trazer muito bem estar. O sangue circula, o metabolismo acelera, respira-se um ar mais fresco do que o de um quarto fechado e assim, a cura é mais rápida. Praia faz assoar o nariz até de quem não está gripado, sinal de que o muco está lá a despeito do aspecto de saúde do banhista.
Para quem tosse sem parar, principalmente à noite e não dorme nem deixa os outros dormirem, mais uma dica da minha infância: amarre um lenço de algodão (na falta do lenço, serve camiseta velha)  no pescoço, deite e jogue álcool no lenço. É para encharcar mesmo. Dá um susto na hora, mas o álcool esquenta em contato com a pele e a tosse acaba no segundo seguinte. Se a garganta já estiver muito arranhada, tomar uma colher de mel com limão pode aplacar a irritação. Muitas pessoas compram ou mesmo fazem seus xaropes em casa, o de calda de açúcar com agrião é o mais comum. Funciona, pelo calor e pelas propriedades expectorantes do agrião. Mas observe que o uso do açúcar deve-se a 2 fatores, torna qualquer coisa mais palatável e a sacarose é tão tóxica que funciona como um veículo de transporte mais rápido do que qualquer outra substância encontrada na natureza. Um chá de poejo (ou do próprio agrião) tem o mesmo efeito com muito menos toxidade.
O que eu não como nessa fase: carboidratos e laticínios, principalmente farináceos, que criam muco. Tampouco bebo gelado e procuro ficar longe de frutas frescas. Uma maneira deliciosa de ingerir frutas quando estamos nos sentido frios, vulneráveis e cansados por nada, é preparar as frutas assadas a moda da roça, cozidas lentamente em panela de barro com cravo, canela, gengibre, cardamomo, raspas de limão ou laranja e até um pedacinho de rapadura, óleo de nozes, tahine... O calor do fogo passa para o alimento, que deixa de ser frio e proporciona sensação de calor.  E mais uma vez, as postagens antigas desse blog me ajudam, para fazer as frutas assadas e cozidas: Frutas AssadasTradição brasileira de Festas Juninas (nos meses de inverno): banana, batata doce e espigas de milho assados na própria casca. Para beber, Quentão de pinga com especiarias e açúcar mascavo. Para ninguém gripar e perder a festa. 
Se estiver se sentindo um lixo, fuja do bolinho com chocolate quente (ou pão de queijo com capuccino), dias na frente da tv mamando Nescau e ar refrigerado ligado à noite. É tudo que você NÃO precisa. Muita gente toma um laxante ao primeiro sinal de resfriado, acredita-se que elimina rapidamente grande quantidade de muco acumulado e assim, o organismo se restabeleça mais facilmente, impedindo o vírus de se instalar. 
A Gula, a Vaidade e a Preguiça são pecados capitais, enquanto as Sete Virtudes são: a Autossatisfação, Diligência, Temperança, Desprendimento, Generosidade, Paciência e Modéstia. E não se admire se no dia seguinte, você acordar pedindo uma ducha fria com direito à ensaboada de bucha vegetal, daquelas para acordar. Bom sinal, está voltando ao normal e disposto para a vida.


3 comentários:

Léo Dicáprio disse...

Ufa! Tava morrendo de saudade das postagens. Salvou o dia.

Carolina Daemon Oliveira Pereira disse...

Oi Léo, seu comentário anterior, que não aprovei, me deu uma sucessão de sentimentos: raiva, ternura e estímulo. Mas a verdade é que é um sonho para qualquer autor ter um leitor tão atento. Feliz ano novo :-)

Linda Alves disse...

Adorei!